04 maio 2006

Porque ainda fujo hoje de ti



























Receio ver-te mas ainda te procuro dentro de mim.


Receio falar-te mas ainda ouço a tua voz.

Receio o momento em que te voltarei a ver
mas espero que me vejas.

Quero que saibas que sem ti
vivo mais,
contigo sobrevivia.

Sem ti sou mais feliz...
Estou completa.
Estou livre.

Trocava a nossa realidade
vivida no sufocar de emoções e palavras
pelos meus sonhos íntimos,
neles tu dás-me o que nunca te pedi...
Neles tu amas-me como nunca me amaste.

É bom sonhar... é bom amar.
Longe de ti sou feliz
Nos meus pensamentos
Contigo,

Sem ti.

2 comentários:

Miguel disse...

Nem sempre as pessoas q se amam estão juntas...por vezes desiludimo-nos...q nunca te aconteça!

Leandroman disse...

Quando te conheci nao eras poeta...nem escrvias estas amarguras do amor...eheheh, era so festa!!
Grande mulher...mesmo alta =)