13 fevereiro 2007


Amarga-me este sofrer

sem entendimento apenas por o querer,

é o reviver do pensamento ausente

do momento em que não foste como presente.



Na imperfeição balanço,

na busca contínua,

na procura do amor...

avanço!

Que Deus me impeça da dor!





7 comentários:

stela disse...

a dor minha amiga, por vezes é vizinha do amor...
beijos grandes

Maria disse...

Amiga dor é inerente em todas as acçõ~es da nossa vida. é o reflexo de viver. Quem não vive, não sente dor nem amor, vive sem cor e sem fulgor...Vive sem medo, sente!!!
Beijitos,
Maria

Nota: Para sentir não precisas de te colocar na frente de nenhum eléctrico...lol

Paula e Rui Lima disse...

Olá!

Se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente

Paula e Rui Lima

Chris disse...

amor e dor andam de mãos dadas...
(:

Beijo

Maria José disse...

Não sei se dia algum virá em que se acorde e respire sem o peso de uma dor [passada, presente, vindoura]... não, não é resignação. Apenas a constatação de algo que nos torna um pouco mais humanos e dotados de sentimento e emoção.

*

Clara disse...

"Não é a dor que é cruel... é o amor que rasga a pele"

anne disse...

oi pessoas,estou de acordo com tudo que maria escreveu,gêneros e graus;bjosss milllsss!!!!!!!!