10 janeiro 2007

Pedir...



Pudesses tu cruzar os teus passos nos meus,
Caminhar enfim...
Pudesse o infinito ser nosso,
Para então mais pedir!

Além do horizonte, do vazio
Pudesse encher de beijos e carícias,
Para então mais dizer!

Falta cumprir um amanhã,
Pudéssemos nós passar o desconhecido
Ir mais longe, sem partir.
Para então, mais Futuro existir!

2 comentários:

clara disse...

Muito, muito bonito... *

Anónimo disse...

“Pedir…”, não é suficiente, porque só é congratulado quem merece!!!
“Pudesse” a incerteza parar o tempo,
Iria adorar, sempre, o teu blog…
E Beijos? FR